As Leis fundamentais que dão embasamento ao triangulo sistêmico


No Universo, tudo é governado por 7 leis fundamentais. Destas, as 3 primeiras são imutáveis e as 4 seguintes mutáveis. São as leis keméticas ou herméticas.

A primeira lei é do Mentalismo

Existe uma consciência universal da qual todo o resto se manifesta, essa consciência forma o que conhecemos hoje pelo nome de campo quântico, a mente de Deus ou mente universal. No trabalho com o triangulo sistêmico, fazemos um processo de ativação desse campo e também atualizamos as harmonizações que foram criadas no processo.

A segunda lei é a da correspondência

Como é em cima, é em baixo. Com essa lei nascem os planos ou dimensões da existências.

Os Amautas, educadores da civilização andina, já diziam que para caminhar melhor na Terra, precisamos relembrar como andar nas Estrelas.

Essas dimensões permitem que a paz, o amor e a harmonia cheguem até nós. Essa harmonia que chega das dimensões superiores nos fazem harmonizar as dimensões das relações humanas e da vida.

A terceira lei é a da vibração

Tudo está em movimento, vibrando através do campo.

A partir do momento que fazemos o movimento de harmonizar um relacionamento, essa harmonização reverbera em todo o campo produzindo resultado para todos.

Essas três primeiras leis são imutáveis. O que isso significa?

Nós não precisamos acreditar nelas para elas continuarem existindo e regendo nossas vidas.

A quarta lei e a primeira mutável é a da polaridade

Os polos opostos tem uma natureza idêntica, mas graus diferentes. Aqui nasce a dualidade do mundo que vivemos. Bem e mal, certo e errado, sombra e luz.

Na terapia do triangulo sistêmico, o cliente chega com uma parte da sua sombra polarizada e o trabalho harmoniza e desperta a luz existente em cada situação.

A quinta lei é a da ritmo

Tudo é cíclico, tem início, meio e fim. Nas dimensões superiores, é instantâneo.

Na terapia do triangulo sistêmico, a pessoa traz o que quer esvaziar, a sombra que está pronta para virar luz novamente.

A sexta lei é a da causa e efeito

Tudo tem um por que, tudo tem consequências. O plantio é livre, a colheita, obrigatória.

A desarmonia é o efeito. No triangulo, buscamos mudar a causa. Quando a causa muda, um novo efeito é gerado na vida da pessoa.

A sétima lei é a do gênero

A polaridade gera a separação momentânea. A lei do gênero une novamente os princípios masculino e feminino.

 

O que falta em nós não está no outro, mas em nós mesmos. O outro é só um espelho. Quando trabalhamos e harmonizamos o reflexo, harmonizamos também aquele aspecto dentro de nós mesmos.

Em resumo, a terapia do triângulos sistêmico usa as leis quânticas para harmonizar o que está desarmonizando, usando as forças das leis imutáveis para mudar o que é mutável dentro de nós.

Quer saber mais sobre o triangulo sistêmico?

No próximo artigos vamos falar das leis fundamentais que dão embasamento ao triângulo sistêmico.

Enquanto isso, assista o vídeo do início da página feito por Rex Thomas que explica a base dessa terapia que vem ajudando muitas pessoas a criarem mais harmonia em suas vidas:

Sawabona.

Elisa Cordeiro de Mello e Marcelo Felippe